Diferença entre o Óleo de Coco extraído da Polpa e o extraído da Película

Como as vitaminas atuam na Imunidade?
26 de junho de 2020
5 Maneiras de utilizar o Leite de Coco em Pó
17 de julho de 2020

Hoje iremos sanar uma dúvida frequente sobre o óleo de coco de película e o de polpa: qual a diferença entre eles?

Ambos têm baixa acidez (a acidez determina o estado de conservação e demonstra se o processamento, envase e embalagem do produto estão corretos), são prensados a frio, o que evita a perda da qualidade e das propriedades nutricionais, não são refinados e nem hidrogenados.

O óleo de coco extra virgem de polpa é extraído da polpa do coco (aquela parte branca). Ele fica líquido e translúcido acima dos 25 graus, e se solidifica e atinge coloração esbranquiçada abaixo dessa temperatura. Apresenta acidez de 0,2%. Possui um sabor mais “adocicado” e mais característico de coco, o que o torna ideal para o preparo de pratos frios e/ou doces. Além disso, pode ser indicado para uso cosmético, uma vez que hidrata e nutre a pele e os cabelos, por exemplo.

Já o óleo de coco extra virgem de película é extraído da película do coco (parte marrom que fica grudada na polpa branca).  Possui uma coloração mais escura e amarelada, e tende a solidificar em temperaturas mais altas que o extraído da polpa, também por conta da pequena diferença de composição em ácidos graxos. Apresenta acidez de 0,3% e sabor naturalmente mais suave, então para preparações salgadas ele é mais indicado (ou também para pessoas que não querem muito gosto de coco na comida).

Agora que você já sabe das diferenças entre os dois óleos de coco, inclua eles em sua rotina!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Fale Conosco pelo WhatsApp