TCM e Performance Esportiva

Receita de dadinhos de tapioca
Dadinhos de Tapioca com Gergelim
31 de maio de 2019
Zero Maltodextrina
Leite de Coco em Pó Zero Malto
16 de julho de 2019
TCM na atividade física

A utilização de TCM no aumento da resistência física.

As gorduras são importantes fornecedores de energia para o trabalho muscular em um exercício de resistência (que dure mais de 20 minutos). Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina e do Esporte (SBME, 2009), quanto maior a intensidade dos exercícios, maior será a participação dos carboidratos como fornecedores de energia, mas a contribuição da gordura aumenta com o tempo em que dura o exercício, tendendo a se tornar mais expressiva quando a atividade se prolonga e se mantém em intensidade francamente aeróbia.

Neste sentido, os triglicerídeos de cadeia média (TCM) tem uma função muito importante nessa produção de energia, porque sendo moléculas menores, tendem a ser mais facilmente utilizadas para essa finalidade. Além disso, pesquisas recentes apontam que sua utilização aumenta a performance no exercício de resistência através do aumento da biogênese mitocondrial (produção de mitocôndrias, que são responsáveis pela produção de energia na célula muscular) e ativação de genes específicos do metabolismo aeróbio (WANG et al, 2018).

Um estudo realizado por Nosaka e colaboradores (2009) investigou o efeito da ingestão de alimentos contendo uma pequena quantidade de TCM (6 g) sobre o metabolismo energético durante exercício de intensidade moderada e exercício de alta intensidade em atletas amadores. Para comparação, os sujeitos foram alimentos com dietas contendo TCM ou TCL por 14 dias, e foram instruídos a realizar ciclos de exercício a 60% do VO2 max. Os autores demonstraram que o tempo de exaustão foi significativamente mais longo no grupo que ingeriu TCM. Esses resultados indicam que a ingestão de alimentos contendo TCM (como o óleo de coco, que contém 50% de TCM em sua composição) pode diminuir a fadiga e melhorar a performance.

Além disso, utilizar TCM na dieta suprimi a utilização de carboidratos como fonte energia e desta forma, diminui a concentração de lactato no sangue (que é um produto da gliconeogênese, processo de produção de energia a partir de novos compostos que não são carboidratos). Desta forma, sua utilização como pré-treino e também durante o exercício de intensidade moderada (quando o exercício permite e também o sistema digestivo do atleta) estende a duração do exercício de alta intensidade quando comparados a alimentos contendo TCL (triglicerídeos de cadeia longa), normalmente advindos dos produtos de origem animal (NOSAKA et al, 2009).

WANG et al. Medium chain triglicérides enhances exercise endurance through the increased mitochondrial biogenesis and metabolismo. Plos one, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1371/journal.pone.0191182 F

NOSAKA et al. Effect of Ingestion of Medium-Chain Triacylglycerols on Moderateand High-Intensity Exercise in Recreational Athletes. J Nutr Sci Vitaminol, v.55, p.120–125, 2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Faça sua encomenda via WhatsApp