Óleo de maracujá – Como Usar na Culinária?

Mingau de Quinoa com Leite de Biomassa de Banana Verde
Leite De Biomassa De Banana Verde
15 de junho de 2018
Molho de Frutas Vermelhas com Óleo de Açaí
29 de junho de 2018

O maracujá é uma fruta originária das regiões tropicais e subtropicais do continente americano. Existem mais de 150 espécies que são utilizadas para o consumo humano. Sabe-se que a maior parte da produção de maracujá é destinada para a fabricação de sucos a partir da sua polpa. As sementes e cascas que antes costumavam ser consideradas resíduos e eram normalmente descartadas, atualmente são utilizadas por algumas empresas para a extração do óleo presente nelas. O óleo de maracujá é derivado das sementes do fruto da espécie Passiflora edulis. As sementes secas são pressionadas a frio e filtradas. Ou seja, basicamente o processo consiste na prensagem das sementes, sem a variação de temperatura. Extraindo o óleo pelo processo físico, evitando assim a degradação de compostos importantes presentes nele.

Do ponto de vista nutricional este óleo apresenta altos níveis de ácidos graxos insaturados (em média 83% da sua composição). Além disso, tem vitaminas com alto poder antioxidante. Como a vitamina C e vitamina A, que auxiliam na prevenção do envelhecimento da pele e diversas doenças associadas ao estresse oxidativo. Além disso, possui importantes minerais como o ferro, cálcio e fósforo.

O maracujá é um antigo conhecido da medicina tradicional e bastante utilizado por suas propriedades calmantes. Sendo reconhecido pela comunidade científica e ultimamente utilizado em diversos medicamentos fitoterápicos com este fim. Desta forma, seu uso na culinária pode auxiliar pessoas com problemas de ansiedade, irritabilidade e estresse.

Como Usar o Óleo de Maracujá?

O óleo de maracujá da Santo Óleo não apresenta alérgenos, não utiliza produtos geneticamente modificados e é totalmente vegano. Ele tem uma coloração amarelada e quando exposto a altas temperaturas perde parte de suas características nutricionais. Por isso, o ideal é usar ele na culinária apenas para finalizar as preparações, por exemplo: molhos para carnes e peixes, molhos de salada e legumes, sobremesas, tortas, sucos e vitaminas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Faça sua encomenda via WhatsApp