As reais calorias do óleo de coco – Parte 1

Salada Detox
Salada Detox Pós Carnaval
23 de fevereiro de 2018
Calorias do óleo de coco
As reais calorias do óleo de coco – Parte 2
9 de março de 2018
Calorias do óleo de coco.

Conheça as reais calorias do óleo de coco.

O óleo de coco foi por muito tempo rejeitado por muitas pessoas por conter demasiadas calorias, o que dificultaria a perda de peso. Vamos desmistificar esse assunto nos próximos posts aqui do blog. Tire você mesmo sua conclusão sobre as calorias do óleo de coco.

Para perder peso, “comer menos e se exercitar mais”. Certo? Errado!

Essa crença colocou as calorias como ponto chave quando se trata de peso, mas como podemos observar com a epidemia da obesidade mundial, essa equação está simplesmente errada. Pois cada vez mais pessoas fazem dieta e exercícios, sem resultados!

As calorias do óleo de coco

Nem todas as calorias são iguais. Em um ambiente de laboratório, 500 calorias de suco verde e 500 calorias de refrigerante, liberariam a mesma quantidade de energia. Mas as configurações de laboratório e a lei da termodinâmica não se traduzem em organismos vivos e respiratórios. Pois não há nada “isolado” sobre nossos sistemas.

A comida é muito mais do que apenas calorias. É informação para nossas células. Cada mordida envia um conjunto específico de instruções para o corpo. Instruções que influenciam a saciedade, a taxa metabólica, a atividade do cérebro, o açúcar no sangue e a forma como armazenamos a gordura. O mesmo número de calorias de diferentes tipos de alimentos pode ter efeitos biológicos muito diferentes.

Refrigerante x suco verde

Vamos comparar como seu corpo lida com refrigerante versus suco verde. No caso do refrigerante, a enorme quantidade de frutose vai diretamente para o fígado. O verdadeiro “maestro” do nosso organismo, que “manda” este açúcar diretamente para os adipócitos (células do tecido adiposo, que armazenam gordura). E ele será armazenado, obviamente, como gordura.

A frutose engana seus hormônios da fome, leptina e grelina. De modo que seu cérebro não recebe a mensagem de que acabou de consumir um monte de calorias e não precisa comer mais.

Em vez disso, o centro de recompensas baseado em prazer do seu cérebro é desencadeado pelo açúcar. Isso leva você a consumir mais açúcar para manter o estado de êxtase desencadeado. É literalmente um vício.

E o suco verde? Os legumes, folhas e frutas utilizados no suco verde são ricos em fibras, digeridos lentamente e não conduzem a picos de glicose e insulina no sangue. Por causa de toda a fibra, seu estômago envia o sinal ao seu cérebro que você está cheio. Além da saciedade, os nutrientes e as fibras contidos no suco otimizam o metabolismo. E mais: reduzem a inflamação, protegem contra doenças, diminuem o colesterol, aumentam a desintoxicação e alimentam as bactérias benéficas no intestino.

Como você pode ver, a resposta metabólica é completamente diferente, apesar de uma contagem de calorias idêntica. Muitos outros fatores, influenciam esta resposta. Falaremos deles no próximo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Faça sua encomenda via WhatsApp