Por que usar óleo de coco para cozinhar?

Como fazer pipoca saudável.
Festa Junina Tem… Pipoca!
30 de junho de 2017
Pão de Quê?
14 de julho de 2017
Óleo de coco e sua acidez.

A Acidez do óleo de coco.

O óleo de coco é realmente Santo na hora de cozinhar. Principalmente quando falamos em altas temperaturas. Ele é considerado um óleo muito estável, devido a sua constituição de gorduras saturadas.

Sim! O óleo de coco é um dos únicos alimentos ricos em gordura saturada que faz bem.

Mas porquê?

Primeiramente, ele é um óleo totalmente vegano (ou seja, não é de origem animal). Podendo ser utilizado por pessoas que adotam esse estilo de vida.

Justamente pelo fato de ser natural e não de origem animal. A composição deste óleo é de triglicerídeos de cadeia média (TCM). Um tipo de gordura que é rapidamente metabolizada pelo organismo e traz muitos benefícios que já foram mencionados por aqui em outros posts.

Esta característica faz com que ele seja o preferido na hora de fritar, refogar, assar ou cozinhar. Porque ele não sofre o processo de oxidação em altas temperaturas de cozimento, como outros óleos que ficam com sabor de ranço.

O óleo de coco extravirgem pode ser aquecido em torno de até 180 ͦ C sem que haja comprometimento de sua qualidade, já o virgem pode ser aquecido mais, devido as suas características um pouco diferentes podemos levá-lo até aproximadamente 230 ͦ C sem que se oxide.

Desta forma, sempre lembre que, dependendo da temperatura que você vai cozinhar, é melhor escolher a versão virgem. Frituras, assados em temperaturas altas, cozimentos longos. Ou extravirgem refogados rápidos, assados em temperaturas mais baixas, cru.

Porém, muita atenção para um fato bastante importante. Muitos óleos, para serem extraídos e renderem mais passam por uma prensa de alta temperatura, fato que já inicia o processo de peroxidação dos triglicerídeos. Dessa forma, quando você compra o óleo, ele já não tem a mesma qualidade e por isso aguenta menos tempo e temperatura na hora de cozinhar e pode deixar sua comida com sabor de ranço.

Busque sempre óleos de qualidade e que tenham sido extraídos sem processo térmico (isso vale para qualquer tipo de óleo).

A Santo Óleo garante esta qualidade! Por isso, tenha sempre um Santo Óleo na bancada da sua cozinha!

 

É novo por aqui? Confira as receitas mais lidas

O empadão é um clássico da culinária brasileira. Muito consumido em aniversários, festas, encontros de amigos

Confira uma receita da trufa de chocolate com amendoim ao estilo charge saudável! Ela é feita usando apenas frutas, oleaginosas e especiarias.

Um bolo macio, sem glúten, sem leite animal e derivados, com muitas fibras prebióticas (vindas da biomassa de banana verde). E antioxidantes do cacau em pó.

Para aqueles que curtem um docinho e procuram praticidade aqui vai uma boa opção: o brownie express!! Os ingredientes são bem básicos e o diferencial é a farinha de aveia, que é rica em fibras e ajuda a diminuir o índice glicêmico da preparação.

E mais…

Normalmente as tortas tradicionais de maçã são feitas com trigo, manteiga e muito açúcar! Na hora de comer pode ser bem saboroso, mas infelizmente esses ingredientes trazem prejuízos à saúde. Inflamam as células, tem alto índice glicêmico, são alergênicos e de difícil digestão. Pensando em juntar o útil ao agradável, criamos essa receita especial e funcional, pois  além de ser deliciosa, também faz bem à saúde.

Pensando em praticidade e versatilidade elaboramos um molho branco funcional delicioso que pode ser usado em diversas preparações do dia a dia. Macarrão, lasanha, estrogonofe, risotos, carnes e peixes, e por aí vai. É super simples de fazer e bem nutritivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Faça sua encomenda via WhatsApp